Leiria

Nas margens do rio Lis encontra-se a “linda” Leiria, Cidade de Capa Negra. A sua imagem de marca é o seu castelo. A pouco e pouco, ensino superior vai-se juntando a esta marca identitária.

Leiria destaca-se pelo seu ensino politécnico, cuja casa é o Instituto Politécnico de Leiria (IPL)Quem passa por lá lembra-a como agradável e acolhedora. Reunimos testemunhos de atuais e antigos estudantes que já viveram nesta cidade.

Onde tirar o curso?

Quem tira um curso superior em Leiria, fá-lo geralmente no IPL, dividido em 5 escolas: Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS), Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG),  Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR), Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) e Escola Superior de Saúde (ESSLei). As instalações dividem-se entre Leiria, Peniche e Caldas da Rainha.

Se optares pelo ensino privado, tens a opção de estudar no Instituto Superior D. Dinis, localizado na Marinha Grande ou ainda, no Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria (ISLA).

Instituto Politécnico de Leiria

Instituto Politécnico de Leiria (IPL) – Imagem do Diário de Aveiro

Tradições académicas

As tradições académicas desta cidade não deixam os estudantes indiferentes. Desde a Receção ao Caloiro no início do ano letivo à Semana Académica, que acontece em abril ou maio, são muitas as tradições que esta cidade mantém vivas.

Durante a Receção ao Caloiro, o momento aguardado pelos caloiros é o Batismo. Já na Semana Académica, o momento mais icónico é o Desfile da Cerveja.

Os estudantes destacam ainda a tradição do Grito Académico, em que os caloiros de cada curso criam um grito para competirem entre si e decidirem quem é o curso com o melhor grito.

Fátima Martins, 20 anos, atual estudante de Licenciatura em Dietética e Nutrição destaca ainda a tradição do Rally-Tascas, que é essencialmente uma competição em que se bebe bebidas alcoólicas em diferentes “tascas”.

No final do ano, os finalistas ainda podem participar na tradicional Bênção das Pastas.  

Cortejo, Desfile da Cerveja – Imagem do Diário de Leiria

 

Alojamento

Cindy Fernandes, 23 anos, licenciada em Terapia da Fala pelo IPL, revela que no tempo em que entrou era bem mais fácil arranjar casa do que nos dias de hoje, “pois existia mais oferta e com preços bastante mais acessíveis”.

Fátima partilha da mesma opinião, e diz que com o crescente número de vagas que abrem para os cursos em Leiria, nota que “ao longo dos anos é cada vez mais difícil arranjar casa e cada vez é mais caro, tendo sofrido um aumento no preço desde 2016 até agora na ordem dos 30-50 € tendo em conta o que tenho visto”.

Na cidade de Leiria existem as Residências de Estudantes de Leiria. No caso de estudares numa das escolas fora da cidade de Leiria, tens a opção da Residência de Estudantes Mestre António Duarte ou da Residência de Estudantes Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha. Existe ainda a Residência de Estudantes de Peniche e o Hotel Escola, igualmente em Peniche.

Vida da cidade

Pedro Alves, de 23 anos e antigo estudante da Licenciatura em Engenharia Informática considera a cidade boa para estudar, explicando que “não é muito extravagante nem muito deserta, é segura e tem tudo o que é preciso”. 

A cidade destaca-se pela sua atmosfera acolhedora e pela sua acessibilidade em relação aos diferentes serviços.

Para uma tarde bem passada podes escolher dar um passeio no jardim Luís de Camões, ir ao shopping ou tomar um café na Praça Rodrigues Lobo. Os estudantes que entrevistámos aconselham o Casulo, onde podes também aproveitar para pôr o estudo em dia, e o Jardim de Santo Agostinho/Parque dos Mortos para passear.

Dependendo da altura do ano, a cidade acolhe diferentes atividades. Por exemplo, no Natal existe a Cidade Natal na qual, entre outras coisas, podes visitar barraquinhas ou uma pista de gelo no mercado. Em maio, no estádio, acontece a Feira de Maio. Leiria organiza ainda uma feira medieval anualmente no centro histórico da cidade.

Monumentos e pontos turísticos

O ponto turístico preferido é sem dúvida o Castelo de Leiria. Situado no alto de uma colina, permite ver a cidade de um ângulo privilegiado e apreciar a sua beleza.

Fátima aconselha a que visitem o Santuário de Nossa Senhora da Encarnação, mas são muitos os pontos turísticos desta cidade. Exemplos disso são o Banco de Portugal/Galeria Municipal que acolhe exposições de arte, a Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, o Centro Histórico da cidade, constituído por ruas e ruelas desde a Praça ao Castelo, o Mercado Sant’ana, a Sé Catedral ou ainda o Teatro Miguel Franco.

São também muitos os museus que podes visitar nesta cidade e nos seus arredores, como é o caso do Museu de Leiria.

Parque dos Mortos

Parque dos Mortos e estudantes de Leiria – Imagem do blog My Beijing Life

Alimentação

O Politécnico disponibiliza aos estudantes cinco cantinas, um snack-bar, oito bares e dois restaurantes. Os estudantes que entrevistamos consideram os preços justos e a comida “aceitável”.

Se preferires restaurantes espalhados pela cidade, deixamos-te algumas sugestões. A Cindy recomenda o Praça Café, o Chico Lobo, o Casulo, o Mÿ!ced e o Bali Food & Drinks. O Pedro aconselha o Café 32, o Mulligan’s e A Grelha.

Transportes

O transporte público que percorre a cidade é o Mobilis – Transportes Urbanos de Leiria. Fátima diz que algumas linhas deixam de ter autocarros ao final da tarde e todas deixam de ter autocarros tanto a partir de sábado à tarde como no domingo.

Apesar de ter comboio, geralmente os estudantes preferem viajar através da Rede Expresso, dizendo que os comboios deixam “muito a desejar”.

Vida Noturna

Uma típica noite Leiriense começa com uma jantar em casa de amigos ou uma paragem pelo café e só acaba de manhã, a sair de uma discoteca. Os dias preferidos pelos estudantes para sair, como em tantas outras cidades académicas, são as terças e quintas-feiras.

Os cafés preferidos são o Café Académico ou alguns bares no centro de Leiria, como o Café História, o Filipes Bar ou O Serrano.

Para Pedro, uma noite ideal começa com um “jantar em casa de alguém, seguida por uma ida ao Colonial ou Filipes e depois ao bar Anubis e acaba no Suite ou Guilt”.

À frente da Sé e no Terreiro irás sempre encontrar companhia de outros estudantes para abrir uma garrafa e beber um copo ao ar livre, pois são estes os locais preferidos para começar ou terminar a noite.

 

Leiria é recomendada por antigos e atuais estudantes. Pedro, em relação ao seu curso – Engenharia Informática – diz que “os professores são experientes e ajudam imenso os estudantes e o ambiente dentro do curso é muito bom, há muita ajuda mesmo no que toca a colegas de anos anteriores”. Quanto à cidade, diz que “é muito boa e tem um ambiente espetacular”.

Fátima diz que a cidade que é “pacata”, mas com um grande potencial que tem vindo a ser descoberto e destaca a “beleza incrível” da mesma.

Deixam o conselho de aproveitar todos os momentos, tais como o traçar da capa em frente à Sé de Leiria, ao som das tunas, a praxe, as brincadeiras entre os cursos e todas as saídas.

Castelo de Leiria

O Castelo de Leiria sobre a cidade – Imagem de Flixbus

 

Autoras: Beatriz Gaspar e Mélanie Fernandes

 

———————————————————————————————————————————————–

Queres ler mais artigos que preparamos para ti?

Cidades de Capa Negra - Faro

2019-05-06T18:03:36+01:00By |Cidades de Capa Negra|

Leave A Comment

+ Subscreve já!

Subscreve já!