Foge de quem concorda sempre contigo!

//Foge de quem concorda sempre contigo!

A oposição tonifica-te!

O indivíduo que se opõe, aquele que gera oposição. O “bicho”que não gosta e/ou acha o que nós não achamos, o que nos aponta o menos bom ou simplesmente o que nos atinge e disputa connosco o lugar. Irrita-nos. Uma pedra no sapato. Ótimo.

Esta imagem (de opositor) está presente nas nossas cabeças, com nomes e rostos. Esses tipos sabem chatear. Chateiam tanto que quando damos conta, estamos a procurar fazer mais e melhor só para que eles parem. O problema (solução) era quando esta pessoa chegava ao futebol, à escola, e frequentava os mesmos sítios que eu. A muitos outros chegaria provavelmente a outro lado, porque este ser é omnipotente e “veste-se” nas pessoas. Às vezes (muitas) era o meu pai, dizia que eu não tinha razão, que não gostou disto ou daquilo que fiz, quer no futebol, quer na escola.

Eu odiava, “morto” para contrariar. E lá estava eu para lhe mostrar que não, a treinar o passe antes do treino, só para lhe provar que era capaz. Na verdade, não era capaz e acredito que ninguém o é. As pessoas não são capazes, tornam-se. Porventura, ainda hoje sinto que me supero, contrariando-o. E é neste espírito de obstáculo/superação, que quero que percebam, que a oposição forte fortalece-nos. Muitas vezes, em conversa com muitos apreciadores de futebol, modalidade da qual me identifico e visto camisola de adepto, digo que um concorrente à “altura” torna-nos “mais altos”.

Foto: Superação

Claro que todos pretendem ser os “donos do lugar”, mas que se perceba que a distância entre ser indiscutível e ser conformado não é um passo de gigante. É, na verdade, um pequeno passo. Perdem a concorrência e com ela uma grande arma de superação, ficam acomodados. No entanto, a oposição transcende o concorrente e começa cedo na crítica (análise).

Coisa que, terá de ser muito bem feita por parte do treinador quando se verifica esta falta de luta pela superação, caso contrário, tendemos a estagnar (isto aplica-se a outras tantas situações do quotidiano).

Ora, foge de quem concorda sempre contigo!

Esse “bicho simpático” é muito pior que o opositor, a esse, não lhe devemos gratidão. Esse, ou não nos respeita, ou está há espera da oportunidade para nos derrubar. Não gosta de nós. No entanto, sabem que queremos “palmadinhas nas costas”, que queremos que concordem connosco. Fingem que fizemos bem quando queremos que nos convençam que sim, talvez porque queremos relaxar, e eles concordam e “escondem” o que de errado foi tão visível. Mais uma vez no futebol e na vida, nasce o azar daí tantas vezes. O azar, assim como, o “era impossível teres feito melhor”. Ridículo é quem não observa e vê, que existe sempre, quer queiramos quer não, uma crítica (análise positiva ou negativa, de caráter construtivo) e espaço para melhorar.

Este ponto da situação torna-se o ideal para fazer referência a uma empresa jovem, educacional (sem fins lucrativos), onde entre muitas coisas, não se concorda. Atrevemo-nos a pensar diferente, a criar, damos luz a possíveis obstáculos que estes jovens (a frequentar o 12º ano) terão que enfrentar. Deixamos no ar possíveis adversidades às suas carreiras, numa constante oposição, tornando-os pró-activos. Falo da UPrise Talent ( www.linkedin.com/company/uprise.talent/ ), deixem a curiosidade guiar-vos através do link.

Lembra-te!

Nós crescemos com os outros e através deles. E como refere, William Blake (poeta britânico), a “oposição é amizade verdadeira”. Ainda que não tão linear assim, procura uma oposição forte e fortalece-te, supera-te através desta. Porque uma vez sem ela, poderás não ser “mais fraco”, mas serás certamente mais frágil.

A oposição tonifica-te! (sentido figurado)

Texto de opinião

2018-03-09T18:36:43+00:00 By |Artigo UPrise|

Leave A Comment