Estudar ainda é suficiente?

//Estudar ainda é suficiente?

Fazer mais é melhor

Nota prévia: para o objetivo deste texto, estes tópicos devem ser encarados apenas como limitações do sistema educativo e não como uma crítica, até porque há fatores dificilmente alteráveis. O objetivo é mostrar que fazer mais é melhor.

Queres ter um enorme sucesso profissional? Além da escola não fazes mais nada? Achas que assim estás a desenvolver todo o potencial que tens?

Se queres ser o melhor não te limites ao caminho que todos fazem, a escola é importante mas não desenvolve aspetos chave que realmente te podem distinguir dos outros.

O professor fala, os alunos ouvem

O espaço de discussão é muito reduzido, o espírito crítico dos jovens talentos não é desenvolvido e os conhecimentos são limitados a um programa. Isto porque “não dá tempo, temos de avançar na matéria”.

Avaliado pela matéria que decoraste e não pelas competências que desenvolveste

Os testes são avaliados de forma muito objetiva, se escreveu X está certo, se escreveu Y está errado, se escreveu Z não tem a cotação toda, privilegiando um ensino em que te dizem o que deves fazer e tu limitas-te a fazê-lo. Não há espaço para pensares!

Não há incentivos a desenvolveres as capacidades que te podem tornar um fora de série.

Tudo tem mudado a uma velocidade impressionante… exceto a Educação

O Mundo muda a uma velocidade impressionante, tudo se tem adaptado à mudança, precisamos de adaptar as competências que desenvolvemos às mudanças no mercado de trabalho, no entanto o sistema educativo mantém-se quase igual ao longo dos anos.

A escola não te prepara os novos desafios!

O talento tem de ser potencializado de forma personalizada

As aulas são dadas da mesma forma para todos os alunos, o programa é exatamente igual, os testes são exatamente iguais, sendo que todos somos diferentes e todos revelamos necessidades diferentes para potenciar as melhores capacidades.

É um facto que o talento deve ser potencializado de forma diferente de indivíduo para indivíduo consoante as suas caraterísticas. E tal não acontece em contexto escolar.

As empresas não te vão contratar para fazer testes

A média é muito importante, mas lamento desiludir-te se tens notas espetaculares a todas as disciplinas, mas… as tuas competências são mais importantes que a tua média. Se queres ser o melhor não te podes limitar a ter uma boa média. Tens de ser o melhor em todos os aspetos.

Procura desafios que te tirem da zona de conforto. Só isso te permitirá evoluir!

2018-03-12T14:21:35+00:00 By |Artigo UPrise|

Leave A Comment