Vamos desmistificar o Networking

//Vamos desmistificar o Networking

O que é?

O Networking consiste em estabelecer relacionamentos pessoais e profissionais com o objetivo de partilhar informações, experiências e recursos. Net, significa “rede”, “work”, quase sempre traduzida apenas como “trabalho”, tem um sentido mais amplo: é qualquer aplicação de energia orientada para um propósito específico.

Os benefícios do Networking

Hoje em dia, um grau académico já não é um diferencial entre candidatos, pelo que é importante conhecer a pessoa certa, no lugar certo. Ou seja, para além de um bom CV, cada vez é mais importante o candidato ter bons contactos. As redes sociais são um fenómeno em expansão e com muito potencial.

Há estudos que nos dizem que a maioria das ofertas de trabalho preenchidas não chegam a ser anunciadas/divulgadas. Apenas existem duas formas possíveis para os candidatos terem acesso a estas ofertas: através de contactos pessoais/sociais/profissionais ou realizando candidaturas espontâneas.

Atualmente, uma excelente rede de contactos permite-te conversões a níveis profissionais elevadas, por isso é que muitas das vezes é da tua rede de contactos que pode nascer o teu primeiro emprego.

Podes então fazer networking de várias formas: pessoal e presencialmente, por telefone e por email. 

Aspetos fundamentais para preparar o teu networking

1. Cria uma lista com as pessoas que vão fazer parte da tua rede de contactos. É mais simples iniciar por pessoas conhecidas, como os colegas (de trabalho, de estudos, de casa), professores e familiares;

2. Identifica claramente os teus objectivos, para tal deves fazer uma reflexão acerca das competências que possuis e dos teus objectivos profissionais a curto e médio prazo. Neste contexto, tem em atenção que para além das competências técnicas (hard skills) adquiridas ao longo do teu percurso escolar e académico, também as competências transversais (soft skills) são valorizadas e podem ser determinantes para o sucesso das funções que ambicionas. De igual modo, é importante e fundamental meditar e elaborar o teu Plano de Carreira;

3. Cria o teu cartão de visita para fins profissionais, para oferecer às pessoas que integram/vão integrar a tua rede de contactos. Este cartão deve ter na frente as seguintes informações: identificação (nome), formação académica e contactos (telemóvel e email). No verso deves colocar as áreas de interesse profissional;

4. Partilha os objectivos profissionais com as pessoas da tua rede de contactos e questiona se possuem alguma informação ou contacto úteis, isto se te encontrares em momentos possíveis e oportunos para tal;

5. Procede a um registo organizado destes contactos e das informações conseguidas. Para tal, devemos colocar o nome e o contacto da pessoa que abordamos, o contexto (evento profissional, social, outro) em que tivemos o contacto e a data. Devemos, também, registar as informações que recolhemos ou então colocar uma nota a indicar a inexistência de informações pertinentes. Se a outra pessoa entregou o seu cartão de visita, podemos fazer anotações no mesmo, para mais tarde identificar facilmente quem era a pessoa do cartão. Estes dados poderão ser necessários num próximo contacto;

6. Mantêm sempre a tua palavra, pois o Networking para ser bem sucedido assenta na confiança. Se combinaste entrar em contacto mais tarde com a pessoa, cumpre o compromisso. É importante manter a credibilidade que conquistas-te junto daquela pessoa, pelo que deves sempre honrar o acordado anteriormente;

7. Agradece sempre o apoio e interesse manifestado.

 

Quais as melhores situações para potenciar o networking

1. Participar em feiras de emprego e eventos profissionais como por exemplo, conferências, seminários, colóquios, cursos, ações de formação, etc. Neste tipo de iniciativas costumam estar presentes pessoas de reconhecido mérito profissional, pelo que estas são situações favoráveis para travar conhecimento com estas pessoas;

2. Integrar associações profissionais da tua área, por exemplo podemos fazer parte de uma federação/organização/grupo de estudantes e/ou até mesmo de uma ONG (Organização Não Governamental) do nosso interesse;

3. Tentar obter experiências profissionais e/ou fazer voluntariado;

4. Ser ativo na comunidade e/ou envolver-nos em atividades extracurricular.

Praticar o networking com sucesso

O networking bem sucedido não deve ser feito com urgência, mas sim com paciência. Por isso devemos evitar o erro mais comum, que é pedir algo logo no primeiro contacto. Como tal, estruturar o nosso networking é fundamental.

  1. Praticar o estado de espírito é o primeiro ponto a trabalhar. Devemos mostrar interesse, ânimo, confiança, entusiasmo, curiosidade, tranquilidade e paciência. Assim, o candidato deve conseguir passar uma boa imagem e uma atitude correta para que a outra pessoa tenha interesse em tê-lo na sua rede de contactos;
  2. Aproximar da pessoa com quem pretende estabelecer contacto e apresentar-se, na eventualidade de não ter ninguém para o apresentar. A primeira regra de uma comunicação eficiente é perguntar, em vez de dizer;
  3. Estabelecer credibilidade, abordando assuntos importantes, e ao mesmo tempo, sendo coerente com o assunto do evento. É essencial demonstrar interesse pelas opiniões das pessoas com quem estamos a falar, expondo também as nossas opiniões de forma simpática e cortês;
  4. Oferecer o teu cartão de visita no final é sempre simpático, e se possível cria a oportunidade de obter o cartão da pessoa com quem estás a interagir.

Em conclusão

Para além da linguagem verbal, a tua linguagem não verbal é fulcral e decisiva para que os teus contactos tenham sucesso. A linguagem corporal pode deixar transparecer uma presença positiva ou negativa, dependendo do grau de atenção que atrais e te apresentas. Assim, existem quatro aspectos na linguagem corporal que transmitem uma experiência positiva: um comprimento agradável, um sorriso acolhedor, o estar de pé com a palma das mãos abertas e manter sempre o contacto visual.

 

Para ser bem sucedido no networking deves praticar o comportamento vantajoso, através da linguagem corporal e da escuta ativa!

2018-03-12T14:21:49+00:00 By |Artigo UPrise|

Leave A Comment