Iuris FDUP Junior, Pioneira no Ramo de Direito em Portugal

///Iuris FDUP Junior, Pioneira no Ramo de Direito em Portugal

A Iuris FDUP Junior é a júnior empresa pioneira no ramo do Direito em todo o país. Sediada na Faculdade de Direito da Universidade do Porto, a IFJ é responsável, desde a sua fundação em 2008, pela organização de projetos de formação académico-profissional, voltados para estudantes, advogados ou quaisquer outros profissionais que tenham interesse nas matérias.

Crescente projeção dos seus projetos e eventos

No passado recente, os cursos breves, nomeadamente o de Medicina Legal, ministrado pelo Professor Pinto da Costa, e o de Propriedade Intelectual, organizados pela IFJ têm assumido um crescente protagonismo na cidade do Porto. Organizados num auditório da Faculdade de Direito da Universidade do Porto, eles atraem um grande número de estudantes de outras faculdades ou até advogados, tanto pelos baixos preços praticados como pela qualidade do serviço, que passa de boca em boca. Além dos habituais cursos, também o I Congresso de Direito Imobiliário, co-organizado com a editora Almedina e com a Câmara Municipal do Porto, numa parceria sem precedentes, promete ser um forte fator de mobilização de profissionais do foro, na área do imobiliário, bem como de entidades de mediação imobiliária, reunidos no Centro de Congressos da Alfândega do Porto para aprender com notáveis do Direito Imobiliário.

Para além da organização de eventos, a Iuris é responsável por alguns projetos de outros tipos, nomeadamente a “Constituição Anotada para Estudantes do Ensino Secundário”, a ser feito em parceria com a Câmara Municipal do Porto.

O objetivo é claro: elaborar um complexo de anotações e comentários a cada um dos artigos da nossa Constituição de 1976 para que o estudo da mesma possa ser potenciado nas escolas secundárias do Concelho do Porto, tanto quanto a lei o permitir.

Na base deste projeto está a apatia política da grande parte dos jovens do novo milénio, que exige resposta cabal: o pensamento coletivo fomenta o desenvolvimento, e as novas gerações têm de ser os protagonistas. É o bem comum que está em causa.

Quem se pode integrar na equipa e como?

Os seus associados devem ser estudantes da FDUP, seja de Direito ou de Criminologia, e ter menos de 25 anos. Fora estes critérios objetivos, todos os candidatos passam por um rigoroso processo de recrutamento, composto por três fases: análise do curriculum vitae dos mesmos (a gestão de tempo e a experiência são bastante valorizadas), uma dinâmica de grupo e, por fim, uma entrevista individual.

Estrutura Interna

Para todo este sucesso, contribui sobremaneira uma estrutura interna coesa e organizada, dividida entre quatro departamentos e três órgãos sociais.

Departamentos:

  • Departamento de Recursos Humanos é o responsável por toda a administração interna da Iuris: é ele que é o responsável máximo pela organização do recrutamento, dos eventos de team building (desde jantares a iniciativas de carácter solidário), entre outros;
  • Departamento de Projetos Permanentes é aquele que é incumbido de organizar os eventos que tenham adquirido um carácter rotineiro, como os cursos breves, por exemplo: é feito o contacto com os oradores, o material publicitário, as inscrições, etc;
  • Departamento Comercial e de Marketing tem a atribuição de angariar parcerias com entidades terceiras, como sociedades de advogados interessadas em integrar o plano anual de estágios de verão da IFJ. Além disso, é também responsável pelo marketing global da júnior empresa;
  • Departamento Jurídico tem a elaboração de todo o trabalho de carácter propriamente jurídico, como a produção de documentos regulamentares internos, os protocolos com entidades terceiras, entre outros.

Órgãos sociais:

  • Direção Geral, incumbida do trabalho executivo da júnior empresa e responsável máxima pelo caminho a seguir;
  • Mesa da Assembleia Geral, incumbida de assegurar o respeito pelas normas regulamentares da IFJ e de organizar e manter a ordem da Assembleia Geral;
  • Conselho Fiscal, um órgão consultivo incumbido de dar pareceres quanto à gestão financeira levada a cabo pela Direção Geral.

Em conclusão, o desenvolvimento que a IFJ teve nestes quase 10 anos de existência mereceram-lhe a integração no estrito elenco de júnior empresas federadas na JADE Portugal, algo que motiva e enche de orgulho todos os que, anualmente, trabalham arduamente na Iuris. Em particular a densidade jurídica da regulamentação interna foi alvo de vários elogios pela então Direção da JADE, fulcral à coesão de qualquer entidade, munindo cada associado de competências e experiência que o aproximam da exigência do mercado de trabalho.

Mais informação sobre a IFJ pode ser encontrada nas páginas oficiais de Linkedin, Facebook e Instagram, bem como em www.iurisfdupjunior.com.

Autor: Direção Iuris FDUP Junior

By | 2018-03-12T14:08:27+00:00 29.09.2017|Categories: Porto|0 Comments

Leave A Comment